Usando o metrô de Paris.

Olá leitores!

Hoje irei falar sobre como foi usar o metrô de Paris e dar alguns conselhos.

Confesso que na primeira vez que fui a Paris (em 2013) levei um choque com a complexidade de rotas do metrô, entretanto, naquele momento eu estava na companhia de alguns amigos parisienses no qual sabiam exatamente os percursos que deveríamos seguir (por isso não me atentei aos detalhes das rotas, sendo um grande erro), mas nesta segunda ida à Paris, precisei estudar melhor os caminhos por mim mesma.

Primeiro de tudo, aconselho ter um mapa do meio de transporte (muitos hotéis fornecem mapa da cidade que inclui meios de transporte) ou baixar o aplicativo oficial no site da RATP.

IMG-20160807-WA0009
Em alguns metrôs também contém informações em cartazes.

Quando chegarem na estação de metrô, logo poderão visualizar as máquina  de compra de tickets, sendo algumas para recarga e outras para a compra.

IMG-20160807-WA0003
Maquinas de tickets.

A maquina possibilita o pagamento na modalidade cartão ou dinheiro (moedas* ou notas) e retorna seu troco se necessário. Nela, é possível escolher o idioma na tela touch screen,as alternativas são: francês, inglês, espanhol, alemão ou italiano. Após a escolha do idioma, irá constar vários tipos de tickets (poderá ver com mais detalhes neste link da RATP) com a quantidade de tickets que deseja e em seguida o valor total. Por último, poderá pegar o troco junto do ticket e do comprovante**.

IMG-20160807-WA0016
Quando validado o ticket, guarde-o, pois pode acontecer fiscalização no metrô e precisar comprovar a compra.

Dentro do metrô existem placas que indicaram o caminho com a direção que deverá tomar para chegar na estação desejada, podendo visualizar as linhas que contém no mapa na parede. Além de possuir tempo estimados de chegada do vagão na plataforma.

No interior do vagão poderá observar o percurso que segue através de um pequeno mapa em cima da porta.

DSC_0343
Interior de um vagão da linha 3 direção Anatole France.
DSC_0344
Linha 3 do metrô.

Para seguir em uma outra linha que possui conexão, não é necessário pagar novamente, apenas utilizar novamente o mesmo bilhete no caso de não sair do metrô.

No primeiro momento pode parecer difícil entender os percursos, mas é uma questão de costume e tempo para entender melhor o mecanismo das rotas no mapa do metrô. Muitas linhas são diferenciadas por cores e todas possui um número (e como dito anteriormente, RATP possui aplicativos verdadeiramente úteis e direcionados aos turistas).

Espero que esse post tenha ajudado a encontrar algumas informações que poderão ajudar, porque na metade de setembro, o viajeane trará varias novidades e lugares interessantes da Itália, aguardem 😉 .

Até o próximo fim de semana leitores 🙂 .

  P.S. Caso desejarem saber sobre as atualizações do blog, siga me no instagram : viajeane , twitter : blog_viajeane ou na pagina do Facebook. – Agora também no snapchat viajeane e no Instagram stories com curiosidades e vida cotidiana em tempo real de uma brasileira vivendo na Europa.

*as únicas moedas não aceitas são de 1 e 2 cent de euro.

** o comprovante só sera disponibilizado se escolher a opção de imprimir comprovante.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s